Loader

Abstracts - Eliane May de Lima

OTIMIZAÇÃO DE UMA MÉTODOLOGIA DE EXTRAÇÃO E ANÁLISE DE HPAs SUBMETIDOS À BIODEGRADAÇÃO POR BACTÉRIAS ASSOCIADAS AO INSETO PRAGA Diabrotica spciosa

 

Eliane May de Lima1*, Moacir Rossi Forim1, Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva1, João Batista Fernandes1

 

1  Universidade Federal de São Carlos;

*  Correspondence: eliane.may07@gmail.com

 

Alguns trabalhos já têm destacado a aquisição de resistencia à inseticidas decorrente a associação com micro-organismos. Como exemplo, percevejos de feijão tornaram-se tolerantes a inseticidas após ter adquirido bactérias Burkholderia sp. do ambiente1. Se um micro-organismo é capaz de conferir resistência a inseticidas, quando associado a um inseto, deduz-se que este mesmo micro-organismo deve possuir mecanismos enzimaticos capaz de levar a degradação de xenobióticos. Muitos xenobióticos têm sido um problema para a humanidade nos últimos anos por serem altamente tóxicos, lipossolúveis e persistentes. No entanto, a contaminação por Poluentes Orgânicos Persistentes (POPs) não pode ser completamente evitada já que poluentes como os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs), muitas vezes são produzidos de forma não intencional. Deste modo, visando um aproveitamento biotecnológico para uma série de bactérias isoladas do inseto praga Diabrotica spciosa, esse trabalho tem por objetivo propor uma metodologia de extração e análise de HPAs por GC-MS/MS para monitorar mecanismos de biodegradação microbiana. Para a execução desse trabalho primeiramente validou-se um método analítico, trabalhando numa faixa dinâmica entre 0,50 e 12,0 ppm para os compostos Fluoreno, Antraceno e Pireno, com a exatidão e a precisão determinadas intra- e interdias, após a análise de efeitos de matriz. O método só pode ser validado após o uso de um Liner e uma coluna ultra inerte. Foi estabelecido também o método de extração dos compostos do meio de cultura, para o qual não se obteve boa recuperação usando-se um método usual de extração do tipo extração líquido-líquido com acetato de etila2. Desse modo, utilizou-se um método de extração em que o meio de cultura foi extraído separadamente da biomassa bacteriana, para o qual obteve-se uma recuperação superior a 92% em toda a extensão da curva de calibração. Outro parâmetro investigado foi a escolha do melhor meio de cultivo para biodegradação. Os meios que continham glicose apresentaram um melhor crescimento microbiano quando comparado aos meios minerais. Além disso, não se observou efeitos dos POPs no crescimento microbiano. Este estudo possibilitou a confirmação da reprodutibilidade do método de extração e análise, sendo que o estabelecimento destes parâmetros são passos muito importantes na busca de micro-organismos para biorremediação de locais contaminados por POPs, uma vez que sem um método eficiente de extração e análise não é possível confiar nos resultados obtidos.

Refs.

  1. Kikuchi, Y. et al. PNAS. 109, 8618, 2012.
  2. Gao, S. et al. Int. Biodeterior. Biodegradation, 79, 98, 2013.